×

Amazonas

Salário médio do Polo Industrial de Manaus é quase metade do salário mínimo dos EUA

O Polo Industrial de Manaus fechou 2018 com faturamento de R$ 92,67 bilhões, o que representa um crescimento de 12,92% em relação ao faturamento obtido no ano de 2017 (R$ 82,070 bilhões).


O salário médio dos trabalhadores do Polo Industrial de Manaus (PIM), em dólar (US$ 689,17), é quase a metade do menor salário mínimo pago nos Estados Unidos (EUA), de US$ 1.160, por 40 horas semanais.

A média salarial dos trabalhadores efetivos do PIM, em 2018, segundo dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) foi de R$ 2,687,78, o que corresponde a cerca de US$ 689,17, levando em conta a cotação de R$ 3,9 da moeda americana.

O salário mínimo nos Estados Unidos pode variar de acordo com os estados – sendo estes independentes -, desde que respeitem a determinação por lei estabelecida em US$ 7,25 por hora trabalhada. Cerca de 30 estados norte-americanos praticam mínimos acima desta faixa. Considerando uma jornada de 40 horas semanais ou 160 mensais, como a maioria dos trabalhadores do PIM, um trabalhador nos EUA receberia o mínimo de US$ 1.160.

A situação piora quando os indicadores da Suframa dão conta de que seis em cada dez trabalhadores efetivos do PIM ganharam em média até dois salários-mínimos (R$ 1.908), em 2018. Só 30% deles estão na faixa salarial de dois a seis salários e apenas 8,5% recebem acima de seis salários.

O PIM fechou 2018 com faturamento de R$ 92,67 bilhões, o que representa um crescimento de 12,92% em relação ao faturamento obtido no ano de 2017 (R$ 82,070 bilhões), segundo a Suframa.

Em dólar, os US$ 25.35 bilhões faturados em 2018 representaram decréscimo de 1,3% em relação ao resultado de 2017 (US$ 25.685 bilhões).

As exportações do PIM no ano passado totalizaram US$ 532.994 milhões, o que corresponde a um crescimento de 10,74% na comparação com o desempenho de 2017, quando as vendas externas foram de US$ 481.318 milhões.

Faça um comentário

Continue lendo...