×

Amazonas

Contribuinte do Amazonas paga R$ 20,9 milhões para Tribunal de Contas do Estado manter plano de saúde privado

Desde o início do contrato, em 2016, o contribuinte já pagou R$ 63,6 milhões, (R$ 63.683.607,04) para o TCE manter o plano de saúde Amil, de acordo com os números no Portal da Transparência do Estado.


O contribuinte do Amazonas, cuja maioria vai para a fila do Sistema Único de Saúde (SUS) para obter um tratamento de saúde, vai pagar R$ 20,9 milhões, de 23/08/2021 a 22/08/2022, para os conselheiros e funcionários do Tribunal de Contas do Estado (TCE) usufruírem do plano de saúde da Amil Assistência Médica Internacional S. A., considerado um dos melhores do Brasil.

Captura de Tela 2021 08 24 as 09.05.54 - Contribuinte do  Amazonas paga R$ 20,9 milhões para Tribunal de Contas do Estado manter plano de saúde privado - o missivista

Captura de Tela 2021 08 24 as 09.06.15 - Contribuinte do  Amazonas paga R$ 20,9 milhões para Tribunal de Contas do Estado manter plano de saúde privado - o missivistaR$ 20.994.074,88 é o valor do Oitavo Aditivo ao Contrato no 06/2016 do TCE com a Amil, que prevê valor mensal de R$ 1,7 milhão (R$ 1.749.506,24). Desde o início do contrato, em 2016, já foram pagos R$ 63,6 milhões, (R$ 63.683.607,04) para a Amil, de acordo com os números no Portal da Transparência do Estado.

O contrato milionário prevê prestação de serviços de assistência médica, hospitalar e ambulatorial com obstetrícia, exames complementares e de alta complexidade, serviços auxiliares de diagnósticos em geral, atendimento de emergência e urgência, como terapias em geral e acidentes de trabalho.

Faça um comentário

Continue lendo...