×

Amazonas

80% dos alunos das federais no AM têm renda de 1,5 salário mínimo, diz Andifes

No Brasil, sete de cada dez estudantes de universidades federais sobrevivem com uma renda per capta de um salário mínimo e meio. Na região Norte, são oito de cada dez.


Oito em cada dez estudantes de Instituições Federais de Ensino (Ifes) no Amazonas sobrevivem com uma renda per capta de um salário mínimo e meio, segundo os dados são da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), divulgados na quinta-feira (16), que traça o perfil sócio econômico e cultural dos estudantes.

No Brasil, sete de cada dez estudantes de universidades federais sobrevivem com uma renda per capta de um salário mínimo e meio. Na região Norte, são oito de cada dez. A renda média do estudante brasileiro de universidade Federal é de R$ 1.328,00. No Norte, o valor é de R$ 884,00.

Entre os estudantes incluídos na faixa de renda per capita até 1,5 salário mínimo, que é o recorte de renda do Plano Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), a renda média per capita é de R$ 640,70.

Pesquisa releva que a maioria absoluta dos (as) estudantes vêm de famílias em que nem o pai, nem a mãe, ou quem os (as) criou como tal, teve acesso ao ensino superior. Na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), 80,3% dos graduandos têm renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio.

Na média nacional, 52,8% dos estudantes das Ifes já pensaram em abandonar o curso, a maior parte, 32,7%, por dificuldades financeiras.

Veja a pesquisa.

Faça um comentário

Continue lendo...